S07E06 – Beyond the Wall

Irmãs e Irmãos Juramentados, estamos chegando ao fim da 7 Season.

 A pergunta que fica no ar é: teremos uma season finale épica?

É sobre isso que vamos falar hoje.

É provável que essa resenha seja diferente das outras. Há um questionamento maior sobre as cenas mostradas, mas isso é resultado de conclusões até o momento e que não puderam esperar até o último episódio.

_______________

Antes de iniciarem a leitura, peço que deem uma olhada no meu projeto Drunkwookie no Padrim. Caso decidam ser madrinha ou padrinho do site, seria fantástico. A contribuição servirá para o site continuar no ar e melhorar cada vez mais.

______________

Estamos no Norte, com uma comitiva de 10 (guardem bem esse número) homens seguindo para o desconhecido a fim de levar a cabo a ideia de Tyrion: Capturarem um zumbi para provar a Cersei que existe uma terrível ameaça no Norte.

O lugar é lindo e me fez relembrar os momentos de Jon Snow com os Selvagens, lá na segunda temporada.

Se pararmos para pensar friamente, Jon ainda tem grande influência sobre a Muralha, como se nunca tivesse deixado de ser Lorde Comandante.  Ele pode transitar livremente de um lado à outro da Muralha tranquilamente.

Porém, essa inconsistência é menor dos problemas. Podemos dizer que é uma simples “conveniência” para fluir a narrativa.

Gostei dos diálogos entre Gendry, Cão, Dondarrion, Thoros e também do diálogo entre Jon e Jorah (fico feliz de que foi citada a espada do Lorde Comandante Mormont).

Quando Jorah diz que a espada deve ficar com Jon para ser passado aos seus filhos, senti uma pontada de amargura. Será que Jorah já percebeu que Jon e Daenerys ficarão juntos?

Enfim, a caminhada até os Caminhantes Brancos foi bem interessante. Todos ali usaram a caminhada para conversar e se conhecerem um pouco mais.

Depois vamos para Winterfell.

Agora, próximo do final da temporada, posso dizer com certeza: Esse foi o pior núcleo da temporada.

Lento, enrolado, confuso. Foram 3 episódios de nortenhos bradando sobre as decisões de Jon, enquanto o cara já viajou Westeros de ponta a ponta.

Arya e Sansa se desentendendo a cada episódio, mas sem evolução alguma na situação de ambas. As frases deixadas no ar e atitudes sem nexo para finalizar a conversa confundem ao invés de elucidar algo.

E as doses de nostalgia que me animaram nos primeiros episódios, me incomodam agora.

Estamos tão perto do final e percebemos que Arya não evoluiu absolutamente nada como personagem. Ou melhor, ela só se mostra evoluída quando os roteiristas querem.

Quando você acha que ela evoluiu, a vemos se portando como uma criança mimada. Ou seja, toda a trajetória de Arya me pareceu um grande engodo e o que sobra de todas viagens por Westeros, treinamento em Bravos, é uma criança mimada com habilidades de assassina, que até o momento não foi atrás de cumprir sua lista, sabe-se lá porquê.

Se ela consegue “ler” mentiras e verdades no rosto dos outros, porque não entendeu a posição delicada que sua irmã estava enfrentando em Porto Real?

Só espero que Sansa Stark tenha o desenvolvimento que mereça e descubra, por si só, os planos de Mindinho.

Essa seria a evolução lógica para a personagem que sofreu tanto e agora precisa mostrar que aprendeu com os erros e os sofrimentos, para nunca mais ser enganada.

Voltamos ao Norte da Muralha para acompanhar a comitiva de 12 homens (sim, de dez homens incialmente, vamos para 12), sendo composta de 7 personagens conhecidos e 5 figurantes.

Tormund e Cão falando sobre Brienne é muito engraçado, serve muito bem para nos fazer esquecer que estão seguindo em busca de um zumbi.

A posição de Jon a respeito de R’hllor é interessante. Mesmo tendo sido revivido, ele consegue deixar de lado qualquer possibilidade de seguir cegamente o Senhor da Luz.

Em Pedra do Dragão mais elementos são suscitados para unir Daenerys e Jon Snow.

Esse é o Tyrion que eu sempre gostei. Pensando no futuro de Westeros, sendo altruísta de uma forma consciente.

Ele pensa não só no que poderá fazer enquanto estiver vivo, mas pensa no futuro do Reino depois que morrer.

De volta ao Norte, nossos personagens se deparam com uma nevasca. Quando vi o urso das neves zumbi não pude deixar de lamentar.

Queria ter visto Varamyr-Seis-Peles montado numa ursa-das-neves, lá na terceira temporada.

Porém, ver um urso foi sensacional de qualquer forma.

Um batedor morre, mas quando o grupo se une com armas em punho, formando um circulo de defesa, ainda temos 12 homens.

Pelas minhas contas, três figurantes foram pro saco nesse embate.

Fiquei incomodado com isso, mas mal sabia eu que essas inconsistências numéricas me incomodariam ainda mais até o final do episódio.

Em Winterfell, Mindinho e Sansa conversam sobre Arya. Esperei por toda a temporada para ver as maquinações de Mindinho novamente, mas confesso que não me empolguei com os diálogos aqui.

De volta ao Norte da Muralha Jorah e Thoros conversam e há uma citação interessante a respeito do passado de Thoros de Myr. Isso foi citado pela primeira vez no livro A Guerra dos Tronos.

As moças rebentaram em risinhos ao ver o sacerdote guerreiro Thoros de Myr, com sua larga toga vermelha e a cabeça raspada, até que a septã lhes contou que tinha uma vez escalado as muralhas de Pyke com uma espada em chamas na mão. A Guerra dos Tronos, capítulo 29 – Sansa II.

Depois de muito andar, a comitiva encontra um Caminhante Branco e seu exército de mortos. A partir daqui, eu classifico o episódio como uma sucessão de “conveniências”.

Um fato curioso é que com a morte de um Caminhante Branco os corpos reanimados por ele também caem.

Logo a batalha passa, ao meu ver, a ser um bem mais fácil. Basta matar a meia dúzia de Caminhantes Brancos que existem para a paz volta a reinar em Westeros.

Jon Snow matou um em Durolar e eu não me lembro e ter visto um decréscimo nos exércitos.

Coincidentemente, um único zumbi não desmonta com a morte o Caminhante Branco. Que bom que nossos heróis precisava de apenas um único zumbi.

Agora vemos Gendry correndo para buscar ajuda.

Sim, Gendry vai correr de volta à Muralha para solicitar ajuda. Gendry, o ferreiro que passou a ser maratonista, um homem que nunca viu neve, (o que dirá estar acostumado com tamanho frio) voltará para a Muralha para solicitar auxílio.

Levar um corvo na gaiola seria uma ideia simples e satisfatória, e ainda melhor se Bran entrasse na pele do animal no meio do caminho, para guiá-lo de maneira mais rápida e segura.

Mas não importa.

Devemos nos alegrar ao saber que Gendry não está de barco, ou seja, não demorará 3 temporadas para chegar ao seu destino.

Ironia e sarcasmo à parte, ver que defendi com todos argumentos o cuidado com a passagem de tempo mostrada no episódio S07E04, me entristece.

Os episódios não conversam entre si nessa temporada e parece que cada um correu para um lado.

Nesse episódio,  a série menospreza a inteligência do espectador.

Nossos heróis estão cercados de zumbis, que se detiveram, convenientemente, por causa da água.  Nada melhor do que um motivo (esdrúxulo) para aguardar o salvamento que virá dos céus.

Aqui você já entende o que veremos no decorrer desse episódio com um roteiro tão preguiçoso.

Os zumbis seguiam para a Muralha, mas optaram por aguardar o lago congelar e matar uma dúzia de pessoas.

Daenerys segue para a Muralha, e dessa vez, convenientemente com seus três dragões. Gostei de vê-la com uma roupa que me lembrou das citações de Martin que fala sobre Rainha Alysanne e seu dragão Asaprata.

A roupa com um aspecto prateado me fez pensar se não era uma referência à essa passagem da história de Westeros.

Milhares de anos mais tarde, a Boa Rainha Alysanne visitou a Muralha em seu dragão Asaprata e achou a Patrulha da Noite tão corajosa que levou o Velho Rei a duplicar o tamanho de suas terras, até cinqüenta léguas. A Guerra dos Tronos

Com Daenerys devidamente a caminho, agora os zumbis podem atacar. Voltamos para o norte da Muralha.

O Martelo do Baratheon fica na neve, jogado no chão pelo Cão e a minha ideia de que a arma dE Robert da Casa Baratheon estaria sendo reforjado, não se concretiza.

Mais três figurantes morrem, o que nos dá um saldo final de 7 sobreviventes (Sim, a conta não faz sentido).

A trilha sonora que acompanha os dragões é muito bonita. Com sopros das feras, Fogo e Gelo acabam com grande parte do exército dos Caminhantes Brancos.

É uma cena que deveria alegrar…

A cavalaria chegou! A ajuda chegou! Eles estão salvos!

Mas a questão é:

Salvos do quê? Por que essa situação está acontecendo? Porque caçar um zumbi entrando no meio de um exército de 10.000 mortos? Era necessário?

Os questionamentos se dissipam quando vemos a lança de gelo! Coincidentemente nenhuma dessas lanças foram ao menos usada numa tentativa de atingir algum dos heróis no centro do lago. Seria uma boa morte para Thoros de Myr, sacerdote do fogo, morto por uma lança de gelo.

Mas a lança precisa ser um elemento surpresa, ela precisa ser usada para derrubar um dos filhos de Daenerys Targaryen.

Eu não consegui diferenciar ali Rhaegal de Viserion, mas todos estão dizendo que o dragão morto é Viserion.

A cena era para ser impactante e triste mas não emociona, pois o episódio inteiro não conduziu o espectador para ter esse sentimento.

O dragão cai e afunda no lago! Você acha que acabou os salvamentos deus ex machina e as conveniências de roteiro. Mas, não…

Ainda tem mais.

Não havia motivos para Jon não subir no dragão. Era só subir e voar.

Entretanto, ele ficar é conveniente para o roteiro que mal se sustenta. Precisamos ter mais uma cena impactante.

Precisamos ter medo de que Jon morra.

Cair na água, em pleno Inverno é morte na certa. Some isso ao fator de ser o Inverno de Westeros e de estarem do outro lado da Muralha.

O Inverno que tanto os nortenhos dizem estar chegando.

Prefiro pensar que ao renascer pela graça de R’hllor, Jon Snow não pode morrer dessa forma. Só isso faz sentido.

Eu ainda fiquei esperançoso de termos um momento realmente épico.

Pensei que Rhaegal pousaria ao lado de Jon para levá-lo em segurança à Muralha.

A pele quente do animal serviria como um belo pretexto para evitar a morte de Jon por hipotermia.

Mas não. É  outra ajudaque salva o dia! Benjen Mãos-Frias, que retorna!

Tio Benjen, ajudando todos os Stark contra os Caminhantes Brancos para ser um valioso recurso para além-da-Muralha. É o trunfo nas mãos dos produtores.

Tio Benjen e suas correntes flamejantes retorna mais milagroso do que Gendry, mais milagroso do que os três dragões no último segundo, porém não tão milagroso quanto o aparecimento de grossas e enormes correntes de ferro forjdo, usadas pelos MORTOS para puxar Viserion para a superfície.

Aí já não tem mais jeito…

Bem…

Essa é uma resenha triste, sobre um péssimo episódio que prenuncia uma season finale morna, infelizmente.

O que se segue nos minutos adicionais e finais de S07E06 – Beyond the Wall é Jon optando por chamar Daenerys de “Dany” ou de “Minha Rainha”.

Ele vai ajoelhar agora que ela ajudou. O que poderia muito bem ser feito se ele ajoelhasse antes. Nada mudou mesmo.

Conclusão

Bem… O episódio foi catastrófico.  Ele não nos prepara para a season finale, infelizmente. Ele serve para comprovar que a ânsia por cenas prodigiosas e impactante ultrapassa a necessidade de um roteiro que faça um mínimo de sentido. Não há motivação real que mova os personagens para onde eles estão indo, o que torna tudo muito falso.

Não exijo “realidade” de uma série que trata sobre dragões, troca-peles e mortos-vivos. Mas é bom manter um mínimo para respeitar o espectador.

Gostaria que a temporada onde veríamos a Muralha fosse melhor. Era um dos momentos que eu mais queria ver.

A decisão de caçar um zumbi foi uma das piores decisões da série até o momento. Isso desestruturou qualquer história que vinha sendo contada.

Bran Stark deveria estar no cerne do núcleo que trata sobre os Caminhantes Brancos, mas está largado em Winterfell, por exemplo.

A motivação de Daenerys para ir só agora para a Muralha não tem sentido.

Jon sabia que havia 10.000 mortos-vivos do outro lado da Muralha, cansou de pedir ajuda e tudo o que foi dito não serviu para convencer Daenerys de seguir com ele. Entretanto, um um corvo repetindo tudo o que ele disse foi capaz de faze-la abandonar Pedra do Dragão?

E agora ele ajoelhará?

Percebam…

Não me incomoda o fato de Daenerys ter perdido um dragão. Eu acho muito bom isso acontecer. Gostei de ver um dragão morrendo e passando para o lado dos Caminhantes Brancos. A morte foi visceral, impactante, dolorosa. Isso te faz lembrar que ninguém está a salvo em Westeros.

E também equilibra as coisas e agora eles tem um instrumento para derrubar a Muralha (Se é que ela vai cair)…

Um Dragão de Gelo derrubará a Muralha.

Não vou negar que estou feliz saber que verei isso. Foi algo que imaginei, discuti, apostei e teorizei há anos atrás.

Um dragão de gelo derrubará a Muralha.

Não apareceu da forma exata como descrevi na teoria, mas a essência da ideia é a mesma, e está ali.

Lembrando que ainda há os livros para a teoria se concretizar como havia concebido, inicialmente.

Para quem quiser saber um pouco mais sobre a minha teoria sobre o Dragão de Gelo e o papel de Bran Stark nisso tudo, clique abaixo.

Teoria do Dragão de Gelo

A HBO está perdida. Não só a HBO GO caindo todo domingo, não só o episódio vazando. Estão perdidos dentro da história que se propuseram a contar sem os livros de Martin para se balizar.

Que teríamos uma história diferente daquela que veremos nos livros, isso já é fato consumado e aceito por mim e por todos os leitores do Drunkwookie. Sabemos que é uma história abordada de outra forma.

Porém, a outra forma não deveria ser tão ruim. O que parece é que os roteiristas tem ideias miraculosas, porém não tem familiaridade suficiente com a própria trama que estão contando e acaba nos entregando isso.

72 Comentário

  1. Carolina Carolina
    21 de agosto de 2017    

    Talvez o Rei da Noite já soubesse desde o início sobre a existência dos dragões e quis fazer toda essa cena pra poder pegar um pra chamar de seu 🙂 Por isso os zumbis ficaram esperando em volta do lago e por isso ele não atirou a flecha em nenhum deles…

    • emerson emerson
      21 de agosto de 2017    

      Pensei nisso também. Pq ele é poderoso o suficiente pra “enxergar”o Bran e foi capaz de descobrir a localização deles no episodio “hold the door”. É única explicação pra dar um pouco de sentido nessa historia sem noção.

    • 22 de agosto de 2017    

      O problema da série é que temos que sempre aceitar o “talvez”. Buscar justificativa para coisas péssimas que vemos na tela. Ai quem sabe, “talvez” a série foi boa.

    • JohannMaschio JohannMaschio
      22 de agosto de 2017    

      Eu penso que como o Rei da noite já tem pelo menos 8 mil anos nos livros ele não se importaria de passar uns 4 dias esperando eles morrerem de frio ali.

  2. Elizabeth Elizabeth
    21 de agosto de 2017    

    Obrigada, resumiu meus pensamentos. Tô bem triste com o rumo/conveniência do roteiro, e desesperançosa de que ele de fato lance os demais livros. Infelizmente uma história que talvez se perca com o tempo, e seja criticada por suas inconsistências na mídia visual.

  3. Danilo de Almeida Ferreira Danilo de Almeida Ferreira
    21 de agosto de 2017    

    Estou tão decepcionado com esse episódio e com o rumo que essa temporada está tomando… só consigo dizer uma coisa: lamentável! Depois do episódio quatro, a qualidade e verossimilhança despencaram drasticamente… o Mindinho estava errado… o caos não é uma escada, é uma queda… é isso que estou vendo nessa temporada!! Uma queda e uma preguiça… lamentável pra uma série que já foi tão boa…

  4. Andre pacheco Andre pacheco
    21 de agosto de 2017    

    O roteiro dessa temporada ta tenso. O jeito é aproveitar os momentos de ação mesmo. Por isso que falo que GoT é muito overrated e levo hate dos amigos por isso hahaha. Se você assite the last kingdom, produção infinitamente menor mas com roteiro fantastico. Triste que tomaram esse rumo.

  5. Rafael Rafael
    21 de agosto de 2017    

    GOT virou uma fanfic, e ruim por sinal

    meu deus que episódio horrível, todo essa trama de capturar um dos zumbis foi completamente imbecil, eles sendo cercados, Daenerys abandonando tudo pra ir ajudar, Gendry em seu momento Vanderlei Cordeiro de Lima, os zumbis esperando o lago congelar, mas tudo que é ruim pode piorar, PORQUE CARALHOS O NIGHT KING NÃO MATOU O DROGON QUE ESTAVA A 100M DELE EM VEZ DO DRAGÃO QUE ESTAVA VOANDO( E PUTA MERDA, QUE ARREMESSO DE LANÇA, TIROU 20 NO DADO), não faz sentido, parece que ele estava jogando um RPG e fez essa ação pra irritar o mestre, mas quando vc pensa que não pode piorar Tio Benjen (Mr. Deus Ex Machina) pra salvar o dia, que tristeza esse roteiro (não vou citar o núcleo Winterfell porque já estou puto demais)

    e sobre o Jonerys: casal sem química nenhuma, fora o fato de que eles são Tia e Sobrinho, chega de incesto nessa série pelo amor de Odin.

    • 22 de agosto de 2017    

      Concordo com vc em muitos pontos, menos no problema tia e sobrinho. Pois o Martin vai escrever isso, e ai? Será ruim ou será genial?

      • Rafael Rafael
        22 de agosto de 2017    

        ae é questão de gosto mesmo, nos livros eu também acho Jonerys uma ideia horrível (mesmo tirando o fato de ser incesto, acho foda o fato de que a Daenerys conquistou tudo sozinha, juntar ela com um dos outros personagens principais seria diminuir o dela), vai ser muito final de novela os dois derrotando todo mundo e sentando juntos no Trono de Ferro (imagina casamento, gravidez)

        eu torço pro Martin matar o Jon (de vez) na batalha contra o Night King, e espero que nos livros (diferente da série) personagens importantes voltem a morrer, porque aquele sentimento de angustia (de que qualquer um pode morrer) que tive quando li pela primeira vez, não existe na série, e isso é bem triste

        • Den Den
          24 de agosto de 2017    

          Acho que Jonerys é o plano do George e acho bem interessante. E Daenerys conquistando tudo sozinha? Bem, Jon está unindo toda Westeros contra o verdadeiro perigo, isso para mim é uma conquista maior. Além do mais, está mais que claro que Jon é o verdadeiro herdeiro do trono (ideia do George) e possivelmente teremos essa confirmação na serie e livros.

        • Isabela Isabela
          29 de agosto de 2017    

          Pode até ser fim de novela… Mas duvido que ambos estejam vivos no fim do livro o que dá uma assinatura do Martin. Ainda temos a questão da Nissa Nissa, que pode mudar muita coisa nos livros. Mas que eles serão um casal, está quase certo, se não me engano tem algo sobre a muralha nas profecias da Dany.
          Só espero que o romance dos dois seja bem construído, pois na série ficou péssimo!!

    • Rafaela Rafaela
      23 de agosto de 2017    

      Acho que a única coisa que a série ainda não errou foi em Jonerys.
      Só achei ridículo o fato de Daenerys ter ido atrás deles e arriscado os filhos. Ela já não acreditava no perigo real da coisa? Então porque os levou?

      • 24 de agosto de 2017    

        Eu sou muito fã de séries/livros/filmes com dragões sabe,e reparei desdo inicio a prepotência da Danierys em relação a segurança dos dragões dela! Em todo ligar que se fala em dragões lutando se fala em armaduras e outros meios de proteção (Eragon é um bo exemplo)!
        Quem sabe agora ela pense mais na segurança dos dragões!

    • Camarada Moderado Camarada Moderado
      24 de agosto de 2017    

      O problema não é Gendry correr tudo, o problema não é o Rei da Noite acertar uma lançamento. O problema real foi essa ideia estúpida de tentar pegar um whigt pra tentar convencer a cercei.

      Esse plot foi péssimo. A série não estava ruim até essa ideia.

  6. Eugênio Dias Eugênio Dias
    21 de agosto de 2017    

    Concordo com vc tbm, acho que nesse episódio os roteiristas deram mais valor nos efeitos especiais (não que eu não goste, estão bem legais) do que no roteiro da trama. Outra coisa, em todas as temporadas sempre morreu um personagem importante, nesta ainda não teve. Será que as cenas insistentes entre Arya e Sansa, não seria para dar uma suspense na morte de uma das irmãs?… Gosto muito dos seus comentários, para mim o episódio e a expectativa só terminam, quando leio a sua resenha…rsrs… Abraços!!!

  7. Weberton Weberton
    21 de agosto de 2017    

    Pois é Drunk! Você também resumiu meus pensamentos ao ver o episódio que tinha tudo para ser nota 11, mas foi apenas nota 6, 7 (apesar de toda emoção envolvida nos acontecimentos). Depois desse episódio tive a certeza absoluta de que a diminuição da quantidade de episódios foi por pura falta do tio GRRM para apresentar uma história maior e mais coerente. Ainda assim, não tenho dúvida de que mesmo com esse roteiro, a temporada teria espaço para 10 episódios tranquilamente, para desenvolver os fatos de uma maneira mais natural. Enfim, não vou (vamos) deixar de assistir à série por causa disso, mas que a qualidade de enredo que cativou todo mundo caiu, isso caiu e muito!

  8. João Paulo João Paulo
    21 de agosto de 2017    

    Mais uma ótima resenha, parabéns.
    Podiam ter feito essa temporada com 10 episódios de novo, acabou dando essa correria louca aí.
    Algo que me incomoda muito é o Jon (entre outros) percorrer Westeros inteira enquanto o exército do Rei da Noite fica de boa dando voltinha em montanha.
    Agora sabemos que ele está muito perto da muralha (meio dia de Gendry correndo), veremos quem vai chegar antes dele na muralha…
    Que pena que a série tomou esse rumo, sempre foi atenta à detalhes e a fazer bons núcleos (menos uns aí, né).

  9. Wesley Wesley
    21 de agosto de 2017    

    Eu só posso concordar integralmente com todas as críticas. A série se perdeu completamente na verosimilhança, ou, se preferirem outro termo por se tratar de um mundo fantasioso, se perdeu na coerência interna da obra. Quantas decisões ruins, meu deus. O episódio anterior já foi um prenúncio tétrico do que viria pela frente, e o último episódio não frustrou expectativas; foi realmente desastroso. O que acontecerá agora? Mostrarão o zumbi para a Cersei que milagrosamente vai entender que “realmente galero, vamo combater esses zumbizão aí que é sério o bagulho”. Meu deus berg. Acho que gastaram tempo demais fazendo os CGIs dos dragões e acabou faltando tempo pra escrever um roteiro decente. Muito triste.

  10. Rafael C Rafael C
    21 de agosto de 2017    

    Sem RR Martin a HBO ta perdida.

  11. João Victor João Victor
    21 de agosto de 2017    

    Sabe um gancho que achei que aconteceria e não aconteceu? Logo no começo do episódio, em coisa de 5 ou 6 segundos, vemos a sala da mesa de Pedra do Dragão vazia, logo quando vi aquela cena, imaginei que Dany já havia partido e estaria a caminho de Eastwatch, o que faria muito sentido e evitaria tantos desgastes em poucos minutos (gendry correndo, o corvo ultra-jato, dragões teleportes, walkers esperando o lago congelar, Nigth King não matar o grupo isolado ali, etc, etc, etc) mas não, algumas cenas depois ela ainda está lá, conversando com Tyrion. O que pra mim foi uma coisa legal, o diálogo dele só mostra que ele pensa mais no reino do que todos os outros que pretendem ser rei ou rainha… (a ideia de mudar a sucessão é perfeita e mostra a tal “quebra da roda” que a Daenerys deseja, a democracia adaptada ao mundo de Westeros, é ideal!). Mas acredito que esse diálogo cairia muito bem no pós enfrentamento com os White Walkers, pq depois daquilo o perigo era muito mais assustador, a noção do perigo era algo mais real na cabeça da Dany. Ela aceitaria muito mais a ideia de resolver logo a sucessão pq ela veria que ter dragões não resolve tudo, e de toda forma não deixaríamos de ter o diálogo. Além de dar muito mais consistência aos acontecimentos que os produtores queriam. Mas não, escolher o fanservice e a insanidade parece atrair mais a dupla D&D

    • 22 de agosto de 2017    

      Se ela já tivesse ido seria melhor

  12. Lucas Lucas
    21 de agosto de 2017    

    Olha, eu nao penso dessa maneira. Acredito que algumas consistencias sao consequencias do numero de episodios para essa temporada, a necessidade de cenas com mais emocao, batalhas com grande uso de CGI e etc. A passagem de tempo se leva muito em funcao do numero de episodios. Entendo que pode aborrecer algumas pessoas, mas nao consigo criticar uma decisao de acelerar a historia com a recompensa de ver grandes cenas. Se nos atarmos na lentidao padrao, teriamos que ter mais 3 temporadas ! Concordo que o Gendry chegando rapidamente em Eastwatch sem experiencia alguma com o inverno foi forcado, talvez um corvo desde o inicio e Bran o guiando até Dragonstone fizesse mais sentido. Em relacao, ao Night King usar a lanca para atingir Thoros, Jon ou outro da comitiva nao me incomoda. Acredito que o Night King tenha as guardado com o propósito de acertar nao um, mas dois dragoes. Ele tinha duas e nao as gastaria com um mero ser humano, um dragao definitivamente traria mais vantagem. Acontece que ele nao consegue acertar Drogon posteriormente.

    • 22 de agosto de 2017    

      Guardou para atingir dois dragões? Ele nem sabia que os dragões iriam para lá. ele passou o dia ou dias aguardando o lago congelar novamente, poderia ter ao menos tentado atacar. Mas enfim, fico feliz que o episódio não foi um desastre total. Teve muitas pessoas que gostaram.

      • João Paulo João Paulo
        22 de agosto de 2017    

        Pois é, quanto à isso já renderam várias teorias, dizendo que como o Rei da Noite é um Stark pode saber o que vai acontecer no futuro, e tem gente até dizendo que o Rei da Noite é o Bran kkk

  13. viserion falecido pero no mucho viserion falecido pero no mucho
    21 de agosto de 2017    

    poxa, achei a sua resenha até que bem contida. eu MUITO puto com basicamente tudo desse episódio. tem duas coisas que eu gostei, surpeendentemente: 1) o amorzinho de tormund, porque eu acho muito legal alguém finalmente gostar da brienne e achar ela linda (ela que sempre sofreu com essas paradas). espero que nele ela encontre uma felicidade que nunca teve. 2) o dragão branco de olhos azuis; finalmente o night king tá com uma carta boa nas mãos. caso vinte conto aqui no chão que é com fogo de gelo que esse muro é derrubado.

    PS: eu fiquei emocionado com a dor da daenerys por causa do viserion (só não entendi tanto a dor dela pelo jon snow, mas se os produtores querem forçar um ship, posso fazer nada). uma boa atuação da emilia clarke em muito tempo.

    • Arnom Arnom
      24 de agosto de 2017    

      Dragão branco de olhos azuis, putz, pq não pensei nisso antes, genial.

  14. Sérgio Junior Sérgio Junior
    21 de agosto de 2017    

    Sempre aguardo ansioso pelas suas resenhas, pois elas geralmente me fazem perceber elementos que perdi. Fiquei triste em perceber que eu não perdi nada: o episódio foi realmente catastrófico. Pra mim, um dos piores da série. A impressão que eu tenho é que os produtores se cansaram da série e estão fazendo tudo de qualquer jeito só para acabar logo. Além dos figurantes que surgiam do ar só pra ter gente pra morrer, o que mais me incomodou foi o fato que o Gendry foi até a Muralha, mandou um corvo pra Daenerys, o corvo chegou, Daenerys foi para a Muralha e, incrivelmente, ninguém morreu de fome ou frio, com exceção do Thoros que estava muito ferido. A única explicação plausível para essa sobrevivência, é que toda essa viagem foi muito rápida. E eu não consigo imaginar como. Por mais que os dragões devam ser muito rápidos, o mesmo não pode se dizer do corvo. Uma criatura tão pequena no inverno, não conseguiria voar por uma distância tão grande sem precisar fazer várias pausas para se alimentar e se aquecer (posso estar enganado nesse aspecto, pois não conheço muito bem sobre a anatomia desses animais, mas essa ideia me parece plausível). Isso sem falar que um dos grandes méritos que As Crônicas trouxeram se perderam nessa série: eu simplesmente não sinto mais medo por um personagem quando ele está em perigo. É certeza quase que absoluta que ele ou ela vai escapar de alguma forma milagrosa.
    Depois desse desabafo, queria apontar um detalhe que eu achei que você iria abordar da forma que eu imaginei, mas não. A lança que matou o Viserion. Você disse que é conveniente e sem sentido o fato dos WW não terem usado a lança para atingir a galera, e também o fato dos zumbis terem esperado tanto tempo pra atacar. Minha teoria é de que isso tudo foi de propósito. A Muralha impede que os WW passem por causa de magia, e a única forma de destruir magia, é com magia. Não tem em Westeros magia mais poderosa do que os dragões. E se essa demora foi de propósito? E se os WW estavam esperando a chegada dos dragões pois sabem que esse é o único modo de derrubar a Muralha? Além de fazer muito sentido para o que foi mostrado nesse episódio, explicaria também por que diabos eles demoraram 7 temporadas para chegar na Muralha. Já que por mais que o exército dos mortos caminhe lentamente, demorar anos para percorrer uma distância não tão longa é exagero.
    Enfim, o que eu estou conseguindo perceber com essa temporada, é que a qualidade dos quesitos técnicos é inversamente proporcional à qualidade do roteiro. Mas mesmo assim, continuarei assistindo para ver onde essa bagunça vai dar.

    • 24 de agosto de 2017    

      Adorei a teoria! Magia por magia na muralha,faz sentido! Mas não explica como o Night King sabia que os dragões estavam vindo…

  15. Angélica Santiago Angélica Santiago
    21 de agosto de 2017    

    Sua resenha conseguiu descrever tudo tudo oq mais me incomodou nesse episódio!!!
    Meu maior medo agora, é ter uma conclusão patética e decepcionante!! Na verdade, meio que já estou me preparando pra isso!!
    Ainda bem que os efeitos áudio-visuais continuam impecáveis!!!
    Eu sabia que o dragão morreria e, ainda assim, fiquei chocada com a cena. Mas, concordo absolutamente que foi ótimo isso acontecer para igualar os lados.
    Não consigo pensar no que acontecerá semana que vem!!

  16. Giovani Giovani
    21 de agosto de 2017    

    Como o Jon pretendo lutar sem a espada?? Por que não ofereceu a espada ANTES de deixar a muralha??? Para mim o episódio foi uma decepção só! Tudo muito ruim, a falta da muleta dos livros pesou muito!!

  17. Madu Madu
    21 de agosto de 2017    

    Ah fiquei muito chateada com esse episódio. Me parece que o autor contou partes principais para os roteiristas e agora os roteiristas tem que fazer essas ligações com a trama. Entendo que no papel o autor pode dar as voltas quiser e numa seria na TV fica dispendiosa. Eles tão correndo muito e as passagem de tempo ficaram sem sentindo! Como um corvo vai voando tão rápido! Jon snow e seus amigos não sofreram de fome? Frio? Sede? O que me parece é que os produtores ficaram divididos entre episódios com efeitos especiais ou trama bem elaborada! Outra coisa que me incomoda é que parece que os produtores querem manter alguns personagens até o final como a Cersei. Essa temporada era para ela cair. Agora me pergunto para que serve a Cersei na luta contra os caminhantes brancos? Só se o Jaime virar um e matar ela é assim a professia se concretiza. Outro que está perdido é o núcleo dos greyjoy! Por onde anda o tio? Só Jesus na causa. Poderias ficar horas falando tudo que há de esquisito na trama, porém tô resfriada e de saco cheio. Agora os efeitos especiais são incríveis! Isso que salva. Pois quando estiver lendo os livros vou imaginar melhor as coisas! Ótima resenha!

  18. Fekipoe Fekipoe
    21 de agosto de 2017    

    Drunk foi bem triste o episódio de ontem, o cara correu tão rápido mandou um corvo e o Norte não ficou sabendo, onde está o Branco? Abandonado na árvore, Arya que de tão esperta do nada ficou burra, Sansa que antes parecia não se deixar manipular, com poucas palavras ficou em duvida.
    O tempo não bate na série. Os dragões só são diferentes do Drogon, os outros dois idênticos e mal explorados. Fora que pra onde ele foi, Drogon voltou e outro simplesmente sumiu. John foi para todas as partes de Westero e o Norte não sabe de nada dele.
    O norte sempre mal explorado pela série.

    Torcer pro Martin liberar logo o livro, porque não aguento mais esperar, a série foi por outro lado ainda bem se não seria muito decepcionante . Um ano esperando pra isso

  19. Adriel Adriel
    22 de agosto de 2017    

    Tá foda mas ainda fico tentando imaginar o que pode salvar essa Zica.. .
    Na minha fãfic o rei da noite é um vidente verde e toda essa presepada foi uma armadilha bem planejada, pois o ele pode ter visto os elementos chave que precisava pra montar a estrategia certa pra conseguir um Dragão do lado dele. No caso tanto o ww andando sozinho, quanto o zumbi que sobrou eram parte do plano e não uma “sorte”.
    A espera também fazia parte do plano e só resolveram atacar o grupo porque naquela altura do campeonato ele pensou que plano falhou e os dragões não vinham, mas como chegaram de última hora voltaram ao plano original. Ele não atirou a lança no Drogon primeiro porque sabe que um Dragão já domado não poderia voltar como zumbi, dado a característica mágica dos dragões..
    Por fim o senhor da Luz só mostra que na verdade está do lado dos outros, ou até talvez seja o grande outro só manipulando as pecinhas com calma e paciência.

    • 22 de agosto de 2017    

      é, se encontrarmos desculpas para os roteiros, faz sentido mesmo. Ele sendo um vidente verde, tudo não passou de um plano bem orquestrado e o episódio passa a ser genial. rs

  20. Samuel A. Schneider Samuel A. Schneider
    22 de agosto de 2017    

    E agora eles navegarão até Porto Real, irão mostrar o zumbi pra Cersei, irão retornar pro Norte e nesse meio tempo o Rei da Noite, com um dragão alado, não vai ter chegado na Muralha. Acho que esses caminhantes andam pra trás…

  21. Andreza Andreza
    22 de agosto de 2017    

    Acabei o episódio com tanta raiva. A Arya e a Sansa, cheguei num ponto de irritação que nem me arrepiei com a morte do dragão.
    Concordo com tudo na sua análise. Também não aguento mais esperar pelos livros.
    Foi bem frustrante e to até com medo do próximo episódio.
    Só nos resta aguardar.

  22. vinny de oliveira vinny de oliveira
    22 de agosto de 2017    

    Drunk, o que vc acha da Sansa ter enviado a Brienne para Fortaleza Vermelha?
    Achei completamente sem sentido, ter enviado a mulher mais valente, forte e fiel que ela conhece e que a salvou quando ela nao tinha mais para onde ir.
    Será que o frio congelou o cerebro da Família Stark?
    Sansa fica igual uma barata tonta andando de um lado pro outro,
    Arya desconfiando da irmã a toa enquanto devia estar seguindo Mindinho ou fazendo qualquer outro tipo de coisa. Deixou os mistérios dos Homens Sem Face largado dentro de uma bolsa debaixo da cama? como assim?
    O Bran está lá com todos os poderes do Corvo de Tres Olhos e mesmo assim não vê que Mindinho está mais uma vez destruindo a sua familia???
    Cadê o nucleo Greyjoy?

    Eu sinceramente to achando patético e lamentável essa temporada… é triste ver uma obra tão bela e complexa ser desmantelada pelos roteiristas da HBO. Se a causa disso fosse a falta de dinheiro, mas cara, a HBO é milionária e Got os deixou ainda mais ricos nesses ultimos 7 anos.
    Eu sempre leio suas resenhas e acho ótimas, assim como todas as teorias do site, mas da pra perceber pela escrita que você tem se decepcionado com os episódios (assim como todos nós) e parece um pouco desanimado em escrever.
    Desculpa pela critica acho que estou viajando, mas não é sua culpa.
    Ontem eu assisti ao episódio e antes do final já deu vontade de desligar a televisão, quando vi o dragão abrir os olhos pensei “AFF”.
    Abraços… e agora a esperança é aguardar o Martin.

    • 22 de agosto de 2017    

      Geralmente eu percebo quando fico desanimado ao escrever, mas dessa vez não é o caso. Quase sempre há algum fato no episódio que eu deixo de citar, por esquecimento ou por achar bem dispensável.
      Como não veio fazendo sentido o nucleo Stark eu não me manifestei sobre Brienne e Sansa por dois motivos:
      Eu nao entendi e não quis dar uma opinião equivocada.
      Talvez alguém elucide para nós aqui nos comentários

      • fekiope fekiope
        22 de agosto de 2017    

        A,o meu ver ficou claro que foi manipulado aquilo, depois do Mindinho falar sobre Briene, surge uma carta daquelas, Cersei está tão louca com medo de perder que pediria para os Starks irem ate King’Land dobrar o joelho.

        Acho que não ate por saber que no Norte a um rei

      • JohannMaschio JohannMaschio
        22 de agosto de 2017    

        Eu acho que como no Ep o Mindinho ficou sitando a Brienne tantas vezes a Sansa sacou e vai tirar ela de cena para que ele não possa usar ela contra qualquer uma das irmãs.

      • Vinny de Oliveira Vinny de Oliveira
        22 de agosto de 2017    

        Estou sem palavras para o núcleo Stark 🙁
        Vamos esperar uma reviravolta no último episódio…
        Obrigado pela resposta 😀

  23. Mona Lisa Mona Lisa
    22 de agosto de 2017    

    Vi em outro site que talvez a Dani seja o Azhor Ahai e que ela vai matar o John, que será o amor dela, para fazer a luminífera e acabar com os outros, como o Azhor original fez, o que você acha disso Drunk?

    • 22 de agosto de 2017    

      Teria que ler a teoria para dar uma opinião.

      • Mona Lisa Mona Lisa
        24 de agosto de 2017    

        Bobagem isso, li o roteiro da 8ª temporada, nada a ver.

        • 24 de agosto de 2017    

          Se você leu os roteiros da oitava temporada peço que guarde as informações com você. Aqui vamos tratar apenas de teorias ou de fatos já mostrados nos livros ou nas séries.
          É claro que depois de ler algo que possa ser verdade, todo o resto é bobagem. Mas aqui o pessoal teoriza com as informações liberadas normalmente,
          Obrigado

    • Jefferson Santana Jefferson Santana
      22 de agosto de 2017    

      Creio que isso não ocorrerá na série, caso os roteiros vazados da 8ª temporada se mostrarem reais como os da 7ª foram.

      • 22 de agosto de 2017    

        Vou pedir para que não cite o conteudo de roteiro vazado no site. Obrigado

    • Den Den
      24 de agosto de 2017    

      Não faz sentido. A lumifera sendo oq? Daenerys não sabe lutar com espada, e segundo o Alan Taylor (produtor da serie) na ultima entrevista (acho que foi dia 21.08, é só olhar no google) já deixou bem evidente que o rei da noite é imune ao fogo dos dragões (ele cita que o rei passa pelas chamas deixadas pelo Drogon), então como raios Daenerys vai lutar?

  24. Jefferson Santana Jefferson Santana
    22 de agosto de 2017    

    De fato, a HBO está se perdendo, a história está ficando sem coerência. Porém há outro fator que me preocupa. É que os roteiros vazados no ano passado se mostraram reais. Então, fico preocupado se os roteiros vazados da 8ª temporada também serão. Será muito triste se aquele personagem de fato morrer. Bem que você poderia fazer um artigo sobre os roteiros vazados da 8ª temporada.

  25. Elen Elen
    22 de agosto de 2017    

    Esse episódio foi uma vergonha, essas últimas três temporadas estão sendo vergonhosas. Martin era a alma da série n só por ser o autor dos livros base mas porque é um grande e experiente roteirista, tudo me leva a crer que era o Martin quem estava fazendo a série acontecer por de trás dos panos. Agora que ele saiu tudo saiu dos controles.
    Eu fico muito triste porque eles tinham opções tipo entrar em hiatos e esperar pelos livros, os fãs iam entender, mas preferiram prezar pela audiência ao invés de manter a qualidade. GOT é uma série tão cara pra ser jogada fora desse jeito, acho que se tivessem cancelado não doeria tanto. Dá vontade de doar dinheiro só pra regravarem essas últimas temps quando os livros sairem. To muito triste.

  26. Ronaldo de Almeida Santos Ronaldo de Almeida Santos
    22 de agosto de 2017    

    Acompanho o site a mais de 3 anos, mas essa é a primeira vez que escrevo.
    Esse episódio realmente deixou um gosto amargo na boca e não apenas pela morte do dragão, mas por coisas que poderiam ter sido e não foram. Mas ao invés de apenas lamentar, gostaria de saber o que pensam sobre algumas teorias…
    Sobre o núcleo Stark:
    Arya e Sansa podem estar enganando Mindinho? Arya pode estar enganando Mindinho sem que Sansa saiba? Tudo pode ser um plano das irmãs que alertadas ou orientadas por Bran, estão dando corda pra Mindinho se enforcar?

    Sobre o Rei da Noite:
    Eu realmente acredito que ele sabia da vinda, sabia que precisaria de um dragão para derrubar a muralha e então armou tudo para conseguir o que queria. Ele ter sido criado pelos filhos da floresta, assim como o Corvo de 3 Olhos, pode realmente lhe dar poderes em comum. E que ele está sabendo usar muito melhor que o Bran.

    Será que os WW tem domínio sobre os wights ou eles apenas wargan os mortos, como Bran fez com os corvos? Sendo assim, ao serem mortos, o controle se desfaz e isso explicaria o que houve na cena em que Jon mata o WW.

    Ainda gostaria muito que aquela teoria de Tyrion ser um Targaryen (a terceira cabeça) fosse verdade, mas com apenas 2 dragões acho que a série vai deixar isso de lado (me resta esperar os livros).

    Gosto de D+J, mas quanto mais penso que isso vai acontecer, mais acho que esse final deles não será feliz. Alguém dos dois vai precisar se sacrificar. Aposto em Jon.

    • 22 de agosto de 2017    

      Olá, Ronaldo. As suposições que voce pontuou carecem de base e evidência para ser considerada, ao meu ver, uma teoria. Sendo assim, tudo pode ser mas acho extremamente dificil, uma vez que não há nenhum indício que o Rei da Noite é vidente verde. Pode ser? Pode ser. Pode não ser? Pode não ser. No campo da suposição é possível sim, mas não consigo ver evidências que suporte essa suposição.

      • Ronaldo de Almeida Santos Ronaldo de Almeida Santos
        24 de agosto de 2017    

        Olá Drunk, bom dia!

        Eu que lhe agradeço por ter sempre conteúdo tão interessante para nosso deleite. Sou fã da sua escrita e modo de pensar.

        Realmente é apenas uma teoria (ou tentativa de salvar o que está “descanbando” kkk), mas depois que o Bran foi tocado pelo Rei da Noite, acredito que um elo se formou e nada mais que o Bran saiba ou veja passa despercebido por ele. Se eu não me engano havia uma preocupação do corvo original e ele alertou o Bran para evitar que isso ocorresse.

        O Rei da noite estar com 3 lanças para matar os 3 dragões me faz crer que ele estava preparado para a chegada deles ali e ouso dizer que, ele estava esperando por isso, até porque ele poderia ter matado o grupo muito antes da chegada da Daenerys e não o fez. Ele aguardou pacientemente a chance de matar (e ressuscitar para seu exército) quantos dragões ele pudesse.

        Talvez o dragão seja o ingrediente que faltava para poder derrubar a muralha, o que também explicaria a falta de pressa dele em chegar até ela, faltava o que poderia possibilitar a sua passagem, o dragão que poderia quebrar o feitiço da muralha.

        Sobre as correntes “que surgem milagrosamente” e o mimimi por elas estarem ali, tão a mão, eu imagino que ele se preparou para isso, através da visão verde ou mesmo através das visões do Bran (mais uma vez o elo que não tenho como explicar e nem embasar, mas que acredito que possa existir).
        Vi alguns comentários de pessoas que diziam que se o Jon entregasse a espada, com o que iria lutar? Bom, tínhamos ali umas 14 pessoas (ou 12 ou 10) que poderiam ter uma espada a mais, ninguém vai para uma batalha com apenas uma. O próprio Jorah, caso aceitasse a espada de volta, poderia lhe dar a espada que ele estava ali ( ou ele foi apenas com as adagas de aço valiriano que ele mata o urso?).
        Ah, ainda sobre a espada garra longa, vocês repararam que quando o Jon sai da água, ela abre o olho? O que poderia ser isso? Defeito especial? Um pingo de água que fez esse efeito ou a espada pode ser mais do que aparenta e ter mais ligação com o Jon do que ele pensa?

        Abraço!

        • 27 de agosto de 2017    

          Pingo de águam ou reflexo uma vez que os olhos do lobo no cabo da espada é cravejado.

    • 22 de agosto de 2017    

      Gostaria de aproveitar a oportunidade e agradecer você por acompanhar o Drunkwookie por tanto tempo! Valeu!

  27. 22 de agosto de 2017    

    antes de mais nada, quero te parabenizar por ser um dos pouquíssimos geradores de conteúdo no brasil (blogueiros, youtubers, podcaters) que primeiro apresentou e sustentou que teríamos um dragão de gelo.

    dito isto, quero fazer algumas poucas observações:

    i. viserion não é ice dragon e sim wight dragon.

    pra mim, o “wight dragon” que temos na série é a versão do dragão de gelo que aparecerá nos livros.

    ii. pelo que a série apresentou até agora não haveria a menor necessidade de os outros 2 dragões serem montados, já eles atuam perfeitamente bem desde que drogon e daenerys estejam por perto.

    ou então, se viserion e rhaegal já tivessem seus respectivos “cavaleiros” o primeiro não teria morrido da forma que morreu.

    iii. claramente bran não participa do episódio, bem como participa esparsamente da série, pq benioff & weiss não gostam dele;

    um abraço!

    • 22 de agosto de 2017    

      Você tem razão sobre os dragões não precisarem ser montados. isso mostra que não teremos um cavaleiro para Rhaegal, e se ele for domado/direcionado será por Bran Stark, trocando de pele.

  28. Sofia Soares Sofia Soares
    23 de agosto de 2017    

    Oi Drunk! Postei um comentário na semana passada relacionado ao último episódio, alguém comentou aqui e a impressão que me dá da temporada toda é essa: um monte de fanfictions jogadas aleatoriamente pra ver a que cola melhor com os efeitos especiais e, supostamente, surpreender os telespectadores.
    Mas existem aqueles que só veem a série e adoram tudo, uma amiga minha comentou como achou demais.
    Quanto ao NK ser vidente verde e por isso ter orquestrado um plano, não faz o menor sentido. Já que os motrtos se mexeram quando o Hound jogou a pedra no lago.
    Penso que quem percebeu os furos fica procurando uma explicação onde não tem.
    Quanto à saída de Brienne, penso que o bilhete foi forjado. É o que me pareceu na fala da Sansa. Mas sou implicarda com a Sansa, não consegui desligar a personagem do livro e a da série, e nos livros temos a figura da Falsa Arya e a Sansa nem sofre tanto assim.
    Acho que ela quer matar a Arya por isso afastou a Brienne.
    Pode ser que no próximo episódio seja só uma mentira pra pegar o Mindinho? Pode, mas não deixa de ser patética a desculpa.
    Jurei que elas sabiam que Jon tinha seguido para depois da muralha, mas as inconsistências estavam só se confirmando.
    O Bran, pra mim, não está se quer se importando em ser um Stark. Do mesmo jeito que ele foi frio com a Meera ele será quanto as brigas das irmãs.
    Ele tem um objetivo maior, de consertar o que os filhos da floresta fizeram de errado, para preservar a vida, a natureza.
    Adorei a observação das correntes! Que coisa mais estapafúrdia, de onde tiraram aquilo?
    Esperei pra ver o Verão e o Hodor como caminhantes, mas acho que se houver será no próximo episódio.
    Sinceramente, o roteiro da série está tão ruim, não vejo como piorar. Mas o fundo do poço deve ser comk a muralha para o NK, nunca chega!
    Quanto a isso acho que eles precisam do frio pra conseguirem sobreviver, daí terem que esperar o invernk realmente caminhar junto com eles, daí a demora.
    Claro que sendo o KN ele sabe dos dragões, mas planejar o cerco a Jon pra criar um Whit Dragon já passa de qualquer fantasia e forma de conhecimento do futuro. É uma teoria que vai além de qualquer lógica. Ele sabe o que vai acontecer e se prepara para acontecer, mas se ele fizer alguma coisa ele muda o futuro, se ele mudar o futuro já nãos saberia mais o futuro, então não poderia ter feito aquilo……. e assim vai. A física quântica trata isso faz tempo. Se vão entrar no detalhe da realidade paralela, terão que reviver o Ned Stark e casar o Rob com a filha do Frey, aí sim! Rss

    Valeu pelas resenhas! Adoro seguir suas teorias!

  29. 23 de agosto de 2017    

    Eu acho que nos livros vai ter a relação de Jon e Daenerys mas quando Jon/Jaeharys descobrir o parentesco vai dar um fim, afinal ele foi criado por Ned Stark, ele não faria tal coisa.
    Quando eles falaram de raptar um Walker já sabia que ia ser furada, se fosse o caso seria mais facil dar uma sobrevoada pra la da muralha e ela mesmo veria eles, o núcleo dos Starks está sendo bem triste, na verdade decepcionante são meus personagens favoritos e detesto ver o Bran um personagem tão foda deixado de lado, no proximo episodio eles vão estar no Sul, provavelmente ele nem vai aparecer outra vez, agora Arya e Sansa eu discordo de você, penso que ela não foi cumprir sua missão por causa de Jon, o vinculo deles é muito forte e eles ainda não se encontraram e acho que isso a prende em Winterfell, agora Sansa eu não gostei do rumo que ela tomou na série nos livros se não me engano ela ainda está no Ninho da Águia com Mindinho que é um personagem genial que eu odeio admitir que é muito bom, Bran que tudo ve já ”sabe” do que ele é capaz e do que ele faz em Winterfell, duvido que sua irmã nao acreditaria em sua palavra novamente detesto ver ele deixado de lado, e seria melhor como voce falou se tivesse um corvo teleguiado por Bran seria mais facil de engolir do que essa palhaçada que fizeram.

    • 23 de agosto de 2017    

      Discordo sobre Jon dizer não a um relacionamento com Daenerys por causa do parentesco, levando em consideração a honra de Ned Stark.
      Houve Starks que se casaram e tinham parentesco próximo. Jonnel Stark casou-se com sua sobrinha Sansa Stark (não a Sansa filha de Ned). Esse tipo de relação nessa época não é um problema.

  30. Juliana Ribas Juliana Ribas
    23 de agosto de 2017    

    Perfeito Drunk, era pra ser épico e foi ridículo!
    Foi terrível ver um dragão morrer, foi, doeu muito, chorei sim, mas foi de raiva porque não era pra ser assim, todos sentimos que um dragão vai morrer na história mas ver tudo tão mal feito quebrou toda a emoção. A Dany nem chora, nem grita, pelo AMOR DO SANTO CRISTO eu queria emoção, queria motivos verdadeiros para aquilo acontecer, ele tinha que morrer em batalha, não pra resgatar um grupo que nem tinha que estar ali, e com motivação zero dela para serem salvos. Enfim, revolta total, apenas anseio pelos livros e pela história verdadeira sendo contata e vivida em meus pensamentos. Lá sim sei que será trucidante a morte de um dragão, como deve ser!
    Da série fica apenas o sentimento de que vou saber o fim da história antes dos livros, o que é péssimo, mas como já comentamos, é impossível evitar =/

  31. Paola Paola
    23 de agosto de 2017    

    Uma coisa que ainda não vi muita gente comentando mas que me deixou puta da cara foi toda aquela galera montando no Drogon. Li os livros há muito tempo então posso estar falando besteira, mas não tinha uma parada que só uma pessoa (e Targaryen obviamente) podia montar em cada dragão? Agora já virou a Kombi da tia Dany

    • Rafaela Rafaela
      28 de agosto de 2017    

      No mundo de gelo e fogo, uma das irmãs do Aegon o Conquistador leva o jovem senhor do Vale para dar uma voltinha.
      Então pode subir alguém desde que o domador também esteja nele.

  32. Jorge Jorge
    23 de agosto de 2017    

    Sabe uma coisa que tá faltando. NEVE. Gente cadê a neve no SUL de Westeros? Cadê a neve em Porto Real e nas demais regiões. Tirando o Norte da Muralha e a região Norte NÃO FAZ SENTIDO as outras regiões não ter nem um resquício de neve. Nem que fosse céu nublado, chuva,granizo ou qualquer outro aspecto de inverno.

    Contextualizando com a obra literária no final do livro 5 quando já tem passado a Caminhada da Vergonha, a morte do Jon e a Daenerys se encontrando com os Dothraki já tá NEVANDO PRA CARAMBA EM PORTO REAL!!! Esses eventos na série aconteceram no final da 5 TEMPORADA. Já vamos pra 8 TEMPORADA e nenhum sinal de neve na capital.

    No teaser do próximo episódio quando o Jon e companhia vão se encontrar com a Cersei em Porto Real o dia tá ENSOLARADO. Por favor neh? A série falou tanto de inverno desde o PRIMEIRO EPISÓDIO e os caras esqueceram do mais importante que tem no inveno, a NEVE…

  33. Alexandre Alexandre
    23 de agosto de 2017    

    Excelente resenha. Descreveu de forma perfeita o fraquíssimo episódio.
    Infelizmente, a qualidade da série caiu muito após a mesma ultrapassar os livros. E falo de absolutamente tudo, diálogos, desenvolvimento dos personagens, falhas indefensáveis no roteiro, etc.
    Com exceção de Jon, Daenerys e talvez Cersei e Euron, todos os personagens parecem avulsos na trama. Só para citar alguns exemplos, Varys e Mindinho, dois dos mais importantes jogadores, estão completamente esquecidos, marginalizados. Varys apareceu em pequenos diálogos, até interessantes, com Tyrion e Melisandre e só. Parece completamente alheio ao que passa no Reino. Lorde Baelish é uma caricatura pessimamente feita do personagem de temporadas anteriores. Esse plano de separar as irmãs Stark poderia ter sido bolado por qualquer vilão das novelas da 7 da globo.
    O que dizer de Bran, absolutamente alheio ao que se passa em Westeros? Sua nova identidade como Corvo deveria ser mais explorada, abriu-se uma gama imensa de possibilidades para o personagem e, apesar disso, não o vimos nos últimos dois capítulos.
    GoT se tornou uma série com grandes cenas de ação e pouco conteúdo, nem sombra do que foi nas quatro primeiras temporadas. É realmente uma pena.

  34. Mona Lisa Mona Lisa
    24 de agosto de 2017    

    Estou tão decepcionada com esta série! Aquela corrente não dá para aceitar, tipo se os WW não entram na água quem colocou as correntes no dragão? E onde arrumaram aquelas correntes??? Li aqui sobre o roteiro da 8ª temporada ter vazado, fiquei curiosa e procurei saber, antes não tivesse lido. Desisti de ver esta série, pior, acho que o final no livro vai ser o mesmo, só que por caminhos diferentes. Acompanhamos esta série por anos, torcendo pelos personagens, para o final ser ruim!!!

    • 24 de agosto de 2017    

      Pelo amor da Deusa nem me falem desses supostos roteiros,que eu tô aqui rezando pra aquilo ser tudo lorota,e eles criarem bom senso!

  35. Lucas Ramos Lucas Ramos
    27 de agosto de 2017    

    Ótima resenha drunk,esse episódio está com tantos furos que basicamente já foi dito tudo sobre não sobrou nada para eu comentar kkk. Em relação a teoria do dragão de gelo,acho ela incrível e inclusive adoro a sua dele estar selado dentro da muralha, e de que provavelmente veremos esse tipo de dragão nos próximos livros se não na muralha em algum lugar do mundo conhecido ou quem sabe nas terras de sempre inverno. Acho que o pessoal desdenha a sua teoria galera do YouTube né não vamos citar nomes,mas que poderiam ser mais educadas com todo o embasamento que a teoria tem pq nao qualquer coisa,fico muito chateado quando falam pois adoro a teoria, mas bem só ventos de inverno chegando pra quebrar a cara de uns ae kkkkkkkk

    • 27 de agosto de 2017    

      A teoria foi desdenhada no Youtube, mas os primeiros 10 segundos do ultimo video que me mostraram, já mostra uma grande mudança de postura.
      Agora o Dragão de Gelo é possivel.
      Um grande abraço e obrigado por seguir sempre o Drunkwookie.
      Abraços,

  36. Jussara Pontes da Cruz Jussara Pontes da Cruz
    8 de setembro de 2017    

    Eu ainda não assisti aos dois últimos episódios, mas confesso que não gosto desta ideia de juntar Jon e Dany, nada a ver. Tb não gostei do desenvolvimento do núcleo de winterfell, ficou demasiado confuso. Vamos ver o que virá ano que vem…

  37. liostark liostark
    5 de outubro de 2017    

    va concordo contigo, a serie perdeu-se na sua essência! Casas extintas (Martel e Tyrel) personagens mortos sem sentido nenhum enfim … O livro ao menos mediava um pouco mas temos de ser realistas, se tudo for igual ao que surpresa estaríamos a vivenciar???
    Eu só li os livros quando o Robb morreu antes disso nem sabia que existia os livros, felizmente para mim adaptei-me à série mas continuo à espera dos livros de Martin.
    Quanto aos episodios sim foram todos a correr e acho que a serie podia estar a acompanhar os livros se não andasse nestas correrias e seriamos melhor servidos com outra qualidade mas prontos, há as batalhas e os dragões e o dinheiro não chega… podia cortar em batalhas que não dão em nada como fizeram nas primeiras temporadas, creio que não se viu uma unica batalha de Robb e de Stannis bem aquilo não foi nada ! Homens nos muros … mas a historia continuava juntamente com os livros.
    Um dos problemas e que não estamos preparadas para perder personagens antigas e de repente tiram nos do nada sem explicação nenhuma, personagens ainda vivas nos livros.
    Mas gostei da temporada e receio que a proxima e ultima temporada não seja nada de novo do que vimos nesta… A unica coisa que sei é que depois da alvorada o caos é tão grande que vai ser dificil unificar os reinos, o melhor a fazer no ultimo episodio será ” passados 10 anos” e temos de novo um Westeros restaurado sobre o dominio Targareny.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Madrinha/Padrinho do Drunkwookie

Veja o projeto no Padrim, colabore e concorra aos sorteios

Assine "Newsletter Drunkwookie"

Receba as publicações do blog, direto no e-mail!

Parceiros

Publicidade

Show Buttons
Hide Buttons