D&D – Diário de Campanha [Capítulo_05]

Diário de Campanha – Capítulo_05

Local – Neverwinter– Ano de 1487, 5º mês (Mirtul) do Calendário de Harptos 

captura-de-tela-2016-11-25-as-23-00-47

Personagens

captura-de-tela-2016-11-25-as-18-48-38Ulfgar Thonderrage

Raça – Anão das Colinas

Classe – Clérigo

Nível – 3º – Domínio da Tempestade

Divindade – Talos

Jogador – Diego (25 anos)

Resk da Árvore-Fantasma

Raça – Meio-Orc

Classe – Bárbaro

Nível – 3º- Caminho do Furioso

Jogador – Gabriel (10 anos)

Akmenos, o Faminto

Raça – Tielfing

Classe – Bruxo

Nível – 3º – Pacto do Tomo

Patrono – Grazzt

Jogador – Bruno (15 anos)

__________

Anteriormente…

Os heróis eliminam a ameaça nos esgotos do Distrito da Torre em Neverwinter, mas descobrem pistas que os levam a um mal maior.

__________

Resk encontra uma taverna, próxima à Ponte Wyvern Alada, chamada Um Ettin, Duas Guilhotinas.  Ali ele toma seu suco de uvas vermelhas e participa de algumas partidas de queda-de-braço.

tavern_zpsf8ab1bdb

Conversando com os viajantes e mercenários que se encontram na taverna, o meio-orc descobre que o Barão Rossarubra, um barão da região está pagando caçadores para eliminar uma ameaça selvagem. Um grifo que anda matando trabalhadores de uma de suas fazendas de lúpulo.

Enquanto isso, Ulfgar segue até o Templos de Talos situado próximo ao Templo de Oghma, na região da Casa do Conhecimento.

O clérigo passa a tarde toda andando pela cidade, chegando ao local ao anoitecer. Nas escadarias do templo, ele descobre que o lugar não fica mais aberto no período noturno. Sendo necessário voltar pela manhã. Sendo assim, o anão decide se dirigir para a taverna onde está Resk.

Resk opta por procurar seus amigos no meio da noite, pois ficou interessado em caçar grifos e quer dar a notícia o mais rápido possível aos companheiros.

Saindo para as ruas enevoadas de Neverwinter, o bárbaro escuta o choro de uma criança na viela ao lado da taverna, mas decide não averiguar. Logo, cães começam a latir e rosnar, na mesma viela. Resk ignora os sons vindos da viela e se volta para a rua esperando a chegada de Ulfgar.

Enquanto isso,  numa biblioteca na Casa do Conhecimento Akmenos busca, em tomos de Ocultismo, informações sobre o suposto deus-morcego.

libraryO bruxo encontra – investigação (18) – um tomo empoeirado, sem capa adornada, que traz informações sobre um antigo vampiro que ao se libertar de uma antiga cidadela*, buscou dar um novo sentido à sua existência.

De repente, uma nuvem negra aparece ao lado do tiefling e Grazzt surge.

O demônio e Patrono de Akmenos lhe entrega o Livro das Sombras (material referente ao Pacto escolhido pelo jogador no terceiro nível). O príncipe negro diz que o Deus-Morcego é uma bobagem. Apenas uma criatura da noite que busca adoradores e isso não deve ser estudado, pois é perda de tempo.

Grazzt diz que há assuntos mais urgentes a ser tratado. Juiblex, a deusa sem face e Zuggtmoy, a rainha dos fungos estão aumentando seus exércitos na Terra para uma guerra particular. 

csczgtxuaaae4tm

A missão de Akmenos é destruir tudo relacionado a fungos, quando encontrar, pois Zuggtmoy é a inimiga direta de Grazzt.**

Enquanto isso, Ulfgar chega até a rua principal do bairro que conduz à taverna. Ele avista Resk, esperando-o de costas para a viela. O anão ouve um gato miando e um corvo crocitando. Incomodado com os sons variados, ele tenta entender o que está acontecendo. Porém, não consegue entender rápido o bastante para avisar Resk do perigo.

Atrás do bárbaro surgem quatro figuras encapuzadas atirando virotes com suas bestas. Um virote vem em direção ao anão mas acerta seu escudo, enquanto os outros dois atingem as costas do meio-orc (5PV e 4PV).

Pego de surpresa, o meio-orc não tem tempo de revidar e acaba sendo atingido por mais dois virotes (8PV, 2PV).

Ulfgar corre para a viela, usa Curar Ferimentos em Resk, e encara seus inimigos. Lá ele se depara com três Kenkus.

captura-de-tela-2016-11-26-as-08-45-48

Resk, já recuperado entra em Fúria e investe contra os Kenkus. Um deles é morto em uma sequência sangrenta de golpes de machado. 

Um dos kenkus usa sua voz de ventríloquo (mimicry), dando a impressão de que há mais kenkus ao redor.

– Peguem ele! Ataquem, Ulfgar!

Ulfgar se prepara para atacar esses inimigos que se aproximam (mas que não existem). Isso abre vantagem para que o kenku que manipulou sua voz, atinja o clérigo.

Os sons confundem os heróis, mas Ulfgar cria uma Onda Trovejante com o poder de Talos canalizado (16 PV) e apenas um deles sobrevive, gravemente ferido.

Mesmo ferido ele empreende fuga.

É nesse momento que Akmenos chega até a taverna e percebe a movimentação. Ele rapidamente se transforma em kenku, usando sua invocação mística Máscara das Muitas Faces,  e se aproxima do inimigo.  O inimigo não percebe a ilusão e pede ajuda.

Akmenos atinge-o com rajada mística apenas para atordoar.

O ultimo Kenku vivo é nocauteado e os heróis decidem interrogá-lo.

Ulfgar percebe que os kenkus sabiam seu nome e vai usar qualquer método para tirar a verdade do sobrevivente.

______________________________

img_2295

Observações

Há duas citações nesse encontro que merecem uma explicação mais detalhada:

*  Esse vampiro é Gulthias, um vampiro citado em uma aventura pronta da 3ª Edição de D&D chamada A Cidadela Sem Sol. Eu mestrei essa aventura para um outro grupo, em 2002. Apenas o jogador Diego estava presente na mesa, com outro personagem. Na ocasião o vampiro foi libertado pelo inexperiente grupo da época, e não perceberam o que haviam feito. Depois, enfrentaram o mesmo vilão na aventura pronta da 3ª Edição chamada Espiral da Presa Noturna.

A minha ideia sempre foi entrelaçar todas as mesas que já mestrei, para dar uma sensação de vida para as campanhas. Heróis antigos, são hoje enaltecidos em tavernas.  Isso dá vontade dos novos jogadores fazerem algo épico para serem lembrados lá na frente.

** Ainda nesse encontro eu não tinha ideia da aventura Out of The Abyss mas sempre quis abordar Zuggtmoy com antagonista do patrono de Akmenos. Foi ótimo ter falado de demônios logo nesse início, pois deu mais força ao pano de fundo da campanha quando iniciamos Out of The Abyss.

Ainda não há comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Madrinha/Padrinho do Drunkwookie

Assine "Newsletter Drunkwookie"

Receba as publicações do blog, direto no e-mail!

Publicidade

Show Buttons
Hide Buttons